Cio: a época do namoro dos gatos

O que é cio?
Consideramos que uma gata está na puberdade quando ela tem seu primeiro cio. Ele ocorre entre 7 a 10 meses de idade, na maioria das raças. O cio é a época de "namoro" da fêmea, pois fora desse período ela não aceita a cobertura do macho. Diferentes das fêmeas, os machos não apresentam cio e podem acasalar em qualquer época. Os machos podem detectar o odor das fêmeas nos cios a uma grande distância.

Um ferormônio é eliminado junto com a urina das gatas nessa fase, e é ele que atrai os machos. É esse o motivo pelo qual muitos gatos desaparecem por alguns dias e depois voltam para casa (ou não...).

Como identificar o cio
A gata não tem sangramento durante o cio. Ela muda de comportamento, passa a miar muito e a esfregar-se no chão, nos móveis e nas pessoas. Gatas no cio são bastante barulhentas. Quem já não ouviu um ruído noturno nos telhados da vizinhança que mais parecia um choro de bebê? Elas miam bastante alto para atrair os machos.


Gata durante a fase do estro (cio)

Duração e frequencia do cio
O cio dura de 4 a 7 dias, porém algumas gatas podem permanecer no cio por vários dias. Isso ocorre em virtude de cistos ovarianos, fazendo com que a fêmea fique no cio por longos períodos. Essas são as principais candidatas à castração. O cio das gatas manifesta-se a cada 3 meses, normalmente

Como evitar que a fêmea fique prenha
Não permita que ela tenha contato com machos durante todo o período do cio. A castração é uma excelente opção para quem não quer que seu animal tenha crias e para evitar o incômodo do barulho que gatas fazem durante o período fértil. Tanto machos como fêmeas costumam desaparecer nas épocas do cio das gatas. As castração impede as fugas, se feita logo nos primeiros meses de vida.

O uso de anticoncepcionais não é um método totalmente seguro para a saúde do animal. Efeitos colaterais muito prejudiciais podem acontecer, por isso, é desaconselhado administrar esse tipo de medicamento.

As fêmeas têm cio até o final da vida. Não existe a "menopausa" em gatas.

Veja também:
Ciclo reprodutivo das gatas


Silvia C. Parisi
médica veterinária - (CRMV SP 5532)

Webanimal
www.webanimal.com.br
versão para imprimir