/ Videolaparoscopia em animais - cães e gatos - Webanimal.com.br
 

 
   

Cadastre seu e-mail e receba informativos


Menu de Artigos

 Guia para iniciantes
 Guia avançado
 Adestramento
 Castração
 Cães de trabalho
 Cães famosos
 Cães pelo mundo
 Campanha anti-caca
 Cinofilia/criação
 Comportamento
 Cuidados gerais
 Dermatologia
 Diagnósticos
 Doenças
 Dogcast (podcast)
 Dúvidas frequentes
 Entidades protetoras
 Fotografia animal
 Gente que faz
 Geriatria
 Legislação
 Medicina Veterinária
 Nutrição
 Odontologia
 Oncologia
 Operação anti-caca
 Parasitas
 Primeiros socorros
 Posse responsável
 Proteção animal
 Raças populares
 Raças interessantes
 Reprodução
 Teste seu Cão
 Tratamentos
 Zoonoses


Menu de Serviços

 Achados e perdidos 
 Adoção
 Álbum de Fotos
 Amizades
 Cadastro de Pet Shop
 Cãorreio sentimental
 Doação
 Dogcast
 Histórias
 Página Animal
 Pesquisar estudantes
 Pesquisar veterinário
 TV Webanimal/Videos



Videolaparoscopia em animais

Videolaparoscopia em animais

A videolaparoscopia é um método seguro para explorar a cavidade abdominal e realizar cirurgias. Essa técnica também pode ser utilizada em animais. Segundo Eros Luiz de Sousa, médico-veterinário e diretor do Hospital Veterinário Batel (HVB), em Curitiba, a cirurgia é similar a de humanos. “São realizadas pequenas incisões, com cortes de meio a um centímetro, para passar a câmara de vídeo e os outros equipamentos necessários para a cirurgia”.

Tudo é controlado pelo médico através do vídeo. Eros explica que o monitoramento indireto, por vídeo, exige do médico uma noção da anatomia muito maior. Em vez de incisões grandes, feitas na cirurgia convencional, que demandam um maior cuidado nos curativos por parte dos donos dos animais, a videolaparoscopia propicia um tempo de recuperação menor, possibilitando que o animal retorne à sua vida normal em pouco tempo, diminuindo também o tempo de internação. “Cortes minúsculos, recuperação rápida e menos sofrida”, comenta Eros.


Castração realizada por videolaparoscopia no Hospital Veterinário Batel

Uma das vantagens deste tipo de intervenção é o sangramento mínimo e o menor risco de infecções. “Minimamente invasiva, a videolaparoscopia reduz o tempo de internação e faz com que o paciente perca menos sangue. Insuflamos gás carbônico no abdômen. O órgão incha, como se fosse uma bexiga, criando espaço para os materiais cirúrgicos se movimentarem”, salienta Eros.


Monitoramento da cirurgia através de video - Hospital Veterinário Batel

Além da cirurgia de esterilização (castração), a videolaparoscopia permite realizar vários outros procedimentos, como inseminação cirúrgica, nefrotomia e nefrectomia (cirurgia nos rins), colecistectomia (retirada da vesícula), remoção de cálculos de bexiga, nódulos abdominais e hérnias, assim como a exploração diagnóstica.

O custo desse tipo de cirurgia é um pouco superior se comparado às técnicas convencionais, mas é muito inferior ao valor de cirurgias humanas realizadas através de laparoscopia.

Agradecimentos:
Hospital Veterinário Batel
www.hvbatel.com.br

Webanimal
www.webanimal.com.br




Livro sobre cães
lado1
pixel

Livro Crônicas para ler com seu cachorro

pixel
lado2
vazio

Guia de Primeiros Socorros

Diário do Dudu
A volta ao mundo




quem somos | fale com a gente
Webanimal é marca registrada da Realty Informática Ltda.
Proibida a reprodução de artigos sem prévia autorização ©Copyright 1998 - 2016