/ Pressão arterial em animais - Cães e gatos - Webanimal.com.br
 

 
   

Cadastre seu e-mail e receba informativos


Menu de Artigos

 Guia para iniciantes
 Guia avançado
 Adestramento
 Castração
 Cães de trabalho
 Cães famosos
 Cães pelo mundo
 Campanha anti-caca
 Cinofilia/criação
 Comportamento
 Cuidados gerais
 Dermatologia
 Diagnósticos
 Doenças
 Dogcast (podcast)
 Dúvidas frequentes
 Entidades protetoras
 Fotografia animal
 Gente que faz
 Geriatria
 Legislação
 Medicina Veterinária
 Nutrição
 Odontologia
 Oncologia
 Operação anti-caca
 Parasitas
 Primeiros socorros
 Posse responsável
 Proteção animal
 Raças populares
 Raças interessantes
 Reprodução
 Teste seu Cão
 Tratamentos
 Zoonoses


Menu de Serviços

 Achados e perdidos 
 Adoção
 Álbum de Fotos
 Amizades
 Cadastro de Pet Shop
 Cãorreio sentimental
 Doação
 Dogcast
 Histórias
 Página Animal
 Pesquisar estudantes
 Pesquisar veterinário
 TV Webanimal/Videos



Pressão arterial em cães e gatos

Pressão Arterial em Animais

Como nos humanos, cães e gatos podem sofrer de hipertensão arterial sistêmica (HAS). A HAS é dividida em: essencial (primária) ou secundária.

A primária ou essencial é bastante comum em seres humanos, mas rara em cães e gatos. Já a secundária, que decorre principalmente de doenças renais e hormonais, como a diabetes mellitus, é bastante comum.

A pressão arterial pode ser avaliada em cães e gatos de forma não traumática, como nos seres humanos. Para tal, utilize-se manguitos pediátricos adaptados ao animal e esfigmomanômetro.


Equipamento para medir a Pressão arterial em animais
(equipamento pediátrico humano)

Medindo a pulsação do animal - Doppler

Para a detecção do pulso é necessário um aparelho especial (Doppler), pois nos animais não é possivel ouvir o pulso apenas com o uso de estetoscópio.


Medindo a Pressão arterial do cão

A mensuração pode ser feita nos membros anteriores ou posteriores, com o animal deitado, ou na cauda, com o animal em estação (em pé). Dependendo do comportamento do animal, a mensuração leva de 5 a 10 minutos e caso seja detectada alteração de pressão arterial, o veterinário poderá analisar as causas e a forma de tratamento adequada.

Estudos mostram que 60% dos cães portadores de
insuficiência renal e 70% dos diabéticos sofrem de HAS (hipertensão arterial sistêmica). Além das causas, deve-se considerer as consequências da hipertensão. Sabe-se que dos humanos não tratados, 50% morrem de doencas coronárias ou insuficiência cardiaca, 33% morrem de derrame cerebral, e 10 a 15% morrem em decorrência de insufição da pressão arterial um item fundamental na clínica de pequenos animais, tanto para o estudo da causa como para a prevenção de suas consequências.

Curiosidade:
Os valores normais de Pressão Arterial em cães e gatos se assemelham bastante com os valores humanos, mas podem variar de acordo com o tamanho do animal.

Agradecimentos:
Equipe de veterinários do:


Instituto Brasileiro de Diagnóstico e Especialidades Veterinárias
www.provet.com.br

Webanimal
www.webanimal.com.br




Livro sobre cães
lado1
pixel

Livro Crônicas para ler com seu cachorro

pixel
lado2
vazio

Guia de Primeiros Socorros

Diário do Dudu
A volta ao mundo




quem somos | fale com a gente
Webanimal é marca registrada da Realty Informática Ltda.
Proibida a reprodução de artigos sem prévia autorização ©Copyright 1998 - 2016