/ Petiscos: fazem bem para o animal? - Webanimal.com.br
 

 
   

Cadastre seu e-mail e receba informativos


Menu de Artigos

 Guia para iniciantes
 Guia avançado
 Adestramento
 Castração
 Cães de trabalho
 Cães famosos
 Cães pelo mundo
 Campanha anti-caca
 Cinofilia/criação
 Comportamento
 Cuidados gerais
 Dermatologia
 Diagnósticos
 Doenças
 Dogcast (podcast)
 Dúvidas frequentes
 Entidades protetoras
 Fotografia animal
 Gente que faz
 Geriatria
 Legislação
 Medicina Veterinária
 Nutrição
 Odontologia
 Oncologia
 Operação anti-caca
 Parasitas
 Primeiros socorros
 Posse responsável
 Proteção animal
 Raças populares
 Raças interessantes
 Reprodução
 Teste seu Cão
 Tratamentos
 Zoonoses


Menu de Serviços

 Achados e perdidos 
 Adoção
 Álbum de Fotos
 Amizades
 Cadastro de Pet Shop
 Cãorreio sentimental
 Doação
 Dogcast
 Histórias
 Página Animal
 Pesquisar estudantes
 Pesquisar veterinário
 TV Webanimal/Videos



Petiscos para cachorros

Petiscos: fazem bem para o animal?

Existe uma infinidade de petiscos para cães e gatos nas lojas de animais. Nacionais ou importados, vão desde o chocolate (na verdade, apenas o sabor de chocolate), refrigerante, panetone, biscoitos, ossinhos coloridos até os salgadinhos (snacks).

Mas podemos fornecer tudo isso ao nosso animal? Tenhamos em mente que bom senso e moderação devem sempre ser usados.

Quando o petisco é feito para animais ele deve conter baixos teores de gordura e açúcares. Os cães e gatos podem toleram esses componentes, mas se o petisco for oferecido em excesso, poderá causar obesidade, principalmente os biscoitos. Eles devem ser suspensos se o cão estiver gordo. Em exagero, o petisco também poderá ocasionar diarréia nos animais.

No caso dos ossinhos de couro, eles podem e devem ser dados aos cães para evitar o tártaro. Prefira os ossinhos brancos, sem corante. Os coloridos podem ser dados esporadicamente.

Os "bifinhos" são feitos de carne seca e salgada. Devem ser dados apenas como recompensa e evitados em animais acima de 7 anos pelo alto teor de sal.

O grande "senão" dos petiscos é quando os animais acostumam-se com o paladar agradável que eles possuem e deixam de comer a ração. Isso levará ao desequilíbrio nutricional, principalmente nos filhotes, o que afetará o crescimento. Não considere o petisco um complemento da alimentação, mas apenas um agrado. As rações já possuem todos os ingredientes que seu animal precisa.

Se não for possível resistir à tentação de dar um petisco ao seu amigão, e nisso não estão incluídos cascas de pizza, pão, salgadinhos, chocolates ou sobras do almoço, opte por um "tira gosto" canino ou felino com pouco corante, reduzido teor de sal e gordura. Não ofereça todos os dias (exceto os ossinhos de couro) para que ele não pare de comer a ração. Tudo o que é excesso, faz mal.


Silvia C. Parisi
médica veterinária - (CRMV SP 5532)

Webanimal
www.webanimal.com.br




Livro sobre cães
lado1
pixel

Livro Crônicas para ler com seu cachorro

pixel
lado2
vazio

Guia de Primeiros Socorros

Diário do Dudu
A volta ao mundo




quem somos | fale com a gente
Webanimal é marca registrada da Realty Informática Ltda.
Proibida a reprodução de artigos sem prévia autorização ©Copyright 1998 - 2016