Cadastre seu e-mail e receba informativos
Menu de Artigos

 Guia para iniciantes
 Guia para o dono
 Adestramento
 Castração
 Cães de trabalho
 Cães famosos
 Cães pelo mundo
 Campanha anti-caca
 Cinofilia/criação
 Comportamento
 Cuidados gerais
 Dermatologia
 Diagnósticos
 Doenças
 Dogcast (podcast)
 Dúvidas frequentes
 Entidades protetoras
 Fotografia animal
 Gente que faz
 Geriatria
 Legislação
 Medicina Veterinária
 Nutrição
 Odontologia
 Oncologia
 Operação anti caca
 Parasitas
 Primeiros socorros
 Posse responsável
 Proteção animal
 Raças populares
 Raças interessantes
 Reprodução
 Teste seu Cão
 Tratamentos
 Zoonoses


Menu de Serviços

 Achados e perdidos 
 Adoção
 Álbum de Fotos
 Amizades
 Cadastro de Pet Shop
 Cãorreio sentimental
 Doação
 Dogcast
 Histórias
 Página Animal
 Pesquisar estudantes
 Pesquisar veterinários
 TV Webanimal videos



Malamute do Alaska

Malamute do Alaska


Canil Frost Dreams

História da raça

Entre os grandes conquistadores do Alaska, EUA, o cão teve um destaque extraordinário. Num trabalho duro, puxando trenós e mercadorias, era o cão que rolava nas "estradas" com a sua força, garra e persistência. Havia cidades, que só eram atingidas por navios, durante o verão ou pelos cães com qualquer tempo, o ano todo.

Entre esses cães, estava o Malamute do Alaska, criado para ser mais forte, antes que veloz, ao contrário de outras raças de menor porte. Seu nome tem origem do Innuits chamados "Malhemuts", tribo indígena que habitava o noroeste do Alaska, que possuía uma raça de cães de trenó de enorme capacidade de sobrevivência e de extrema lealdade.

De fato, alguns cães de trenó foram criados para serem velozes os quais, ainda hoje, disputam corridas emocionantes, mas com o Malamute não foi bem assim. Ele foi preparado para puxar carga pesada, sendo um cão de grande robustez e resistência.

Temperamento

Tido como um dos cães mais lindos da região ártica, o Malamute é um cão inteligente e afetuoso, leal e devotado. Aliás, esse magnífico animal é também dócil e um grande amigo das crianças com quem se dá muito bem.

Muito tolerante, é ainda firme e decidido em suas ações de proteção e vigilância.

Leal à família até a morte, dedica-se a todos sem exceção, sendo gentil com pessoas estranhas, podendo ser agressivo com cães estranhos.

Este atleta de pelagem grossa que parece um lobo, é muito afetuoso, mas nem por isso deixa de ser um cão ártico e pode dar mostras de uma independência que há necessidade de saber dominar. Necessita-se muita firmeza para fazer com que os filhotes entendam as regras que devem observar em convivência com os homens.

Características

Entre suas características gerais, destacam-se a sua constituição, com um tronco robusto, corpo forte e sólido, provido de pelagem densa e expessa. Bem erguido sobre os membros, apresenta um aspecto muito altivo, com sua cabeça e orelhas curtas, de formato cônico, demonstrando vivacidade e interesse em tudo que o cerca.

Ao comprar um Malamute do Alaska, deve você fazê-lo com todo o cuidado. Somente criadores verdadeiramente dedicados à raça deverão merecer a sua confiança na compra de um filhote, lembrando-se de pesquisar o padrão da raça primeiro.

Diferenças entre o Malamute do Alaska e o Husky Siberiano:

Como o Malamute do Alaska é um puxador de carga pesada na neve, ele é maior e mais robusto que o Husky (máximo de 63,5cm e 42kg), com maior estabilidade e força de tração. Seus pés redondos, grandes e com dedos um pouco abertos têm maior superfície de apoio. Os olhos são escuros, as orelhas menores, eretas, inseridas mais lateralmente e o focinho mais largo e curto. A pelagem vai do branco, passando pelas tonalidades de areia e vermelho ao preto, sempre com marcações típicas brancas nos braços e pernas. Não é aceitado pelagens de duas cores (pescoço branco e corpo preto). A pelagem é rústica, não devendo ser longa.

Já o Husky foi desenvolvido para puxar cargas leves em rios congelados. Tem no máximo 59,5cm e 30kg, é mais comprido, estreito, com pés menores e ovais para cansar menos ao correr. Seus olhos, mais puxados, podem ser azuis ou castanhos, ou ainda particolores. Sua pelagem é mais comprida, e qualquer padrão de cor é aceito, assim como qualquer marcação.

Fonte:
Canil Frost Dreams


Webanimal
www.webanimal.com.br

versão para imprimir




lado1
pixel

livro

pixel
lado2

Guia de Primeiros Socorros

Diário do Dudu
A volta ao mundo



quem somos | fale com a gente
Webanimal é marca registrada da Realty Informática Ltda.
Proibida a reprodução de artigos sem prévia autorização ©Copyright 1998 - 2014