Cadastre seu e-mail e receba informativos
Menu de Artigos

 Guia para iniciantes
 Guia para o dono
 Adestramento
 Castração
 Cães de trabalho
 Cães famosos
 Cães pelo mundo
 Campanha anti-caca
 Cinofilia/criação
 Comportamento
 Cuidados gerais
 Dermatologia
 Diagnósticos
 Doenças
 Dogcast (podcast)
 Dúvidas frequentes
 Entidades protetoras
 Fotografia animal
 Gente que faz
 Geriatria
 Legislação
 Medicina Veterinária
 Nutrição
 Odontologia
 Oncologia
 Operação anti caca
 Parasitas
 Primeiros socorros
 Posse responsável
 Proteção animal
 Raças populares
 Raças interessantes
 Reprodução
 Teste seu Cão
 Tratamentos
 Zoonoses


Menu de Serviços

 Achados e perdidos 
 Adoção
 Álbum de Fotos
 Amizades
 Cadastro de Pet Shop
 Cãorreio sentimental
 Doação
 Dogcast
 Histórias
 Página Animal
 Pesquisar estudantes
 Pesquisar veterinários
 TV Webanimal videos



Escaras de decúbito (calos de apoio)

Escaras de decúbito são lesões de pele que aparecem com frequência em animais de porte grande e médio. Nada mais são do que "calos de apoio" causados pelo contato da pele com superfícies duras, como o piso. Algumas regiões do corpo que possuem menor revestimento de gordura, como é o caso de "cotovelos" e "calcanhares" são as mais atingidas. Quando o animal se deita, seu peso faz com que as "pontas" dos ossos se atritem contra o solo, tendo apenas a pele como proteção.

Para compensar esse impacto, a pele começa a se espessar, ganhando o aspecto de um calo. Essa é a maneira que o organismo encontra de compensar a falta de gordura nessas áreas.


Escara de decúbito no "cotovelo" de um cão labrador

As escaras de decúbito não causam dor ao animal, porém, em alguns casos elas podem ressecar, rachar e inflamar bastante. Nessa situação, as escaras se transformam num processo bastante doloroso.

Para evitar, ou pelo menos minimizar o aparecimento das escaras de decúbito em cães grandes e médios, procure providenciar um local macio para o animal se deitar. Um colchonete ajuda bastante a diminuir o impacto dos ossos com o chão. Lembre-se que quanto mais duro e áspero for o piso do local onde o animal vive, maiores as chances das escaras aparecerem e causarem problemas. Cães que vivem em jardins ou deitam-se diretamente sobre a terra, apresentam menos escaras do que aqueles que vivem em quintais revestidos por piso de cimento ou cerâmico.


Escaras na articulação das patas traseiras

O peso do cão também é um fator predisponente. Se ele for ou estiver muito pesado, mais escaras de decúbito ele terá. O peso do cão deve ser proporcional ao seu tamanho. Se ele estiver gordo, é preciso exercitá-lo e diminuir o alimento para que chegue ao peso correto.

Além dessas duas medidas, providenciar um local macio para o cão se deitar e controlar seu peso, o uso de óleo nas regiões predispostas ao aparecimento de "calos" irá ajudar bastante. Aplicar produtos à base de uréia ou mesmo um pouco de óleo vegetal ou mineral nos cotovelos e calcanhares dos cães evitará rachaduras e poderá até reduzir as escaras existentes no local.

Veja Também:
Leia mais sobre problemas dermatológicos
Alterações na cor da pele e pelagem dos animais


Silvia C. Parisi
médica veterinária - (CRMV SP 5532)

Webanimal
www.webanimal.com.br





lado1
pixel

livro

pixel
lado2
vazio

Guia de Primeiros Socorros

Diário do Dudu
A volta ao mundo



quem somos | fale com a gente
Webanimal é marca registrada da Realty Informática Ltda.
Proibida a reprodução de artigos sem prévia autorização ©Copyright 1998 - 2014