/ Tratando o cão na Câmara Hiperbarica - Webanimal.com.br
 

 
   

Cadastre seu e-mail e receba informativos


Menu de Artigos

 Guia para iniciantes
 Guia avançado
 Adestramento
 Castração
 Cães de trabalho
 Cães famosos
 Cães pelo mundo
 Campanha anti-caca
 Cinofilia/criação
 Comportamento
 Cuidados gerais
 Dermatologia
 Diagnósticos
 Doenças
 Dogcast (podcast)
 Dúvidas frequentes
 Entidades protetoras
 Fotografia animal
 Gente que faz
 Geriatria
 Legislação
 Medicina Veterinária
 Nutrição
 Odontologia
 Oncologia
 Operação anti-caca
 Parasitas
 Primeiros socorros
 Posse responsável
 Proteção animal
 Raças populares
 Raças interessantes
 Reprodução
 Teste seu Cão
 Tratamentos
 Zoonoses


Menu de Serviços

 Achados e perdidos 
 Adoção
 Álbum de Fotos
 Amizades
 Cadastro de Pet Shop
 Cãorreio sentimental
 Doação
 Dogcast
 Histórias
 Página Animal
 Pesquisar estudantes
 Pesquisar veterinário
 TV Webanimal/Videos



Câmara hiperbárica para cães e gatos

Câmaras Hiperbáricas

 

A terapia hiperbárica é muito utilizada no tratamento de humanos e também pode ser aplicada em animais. Todos os tecidos de um organismo vivo precisam de oxigênio. Durante a respiração, o ar entra pelos pulmões e é transportado para as células através do sangue. Cientificamente, comprovou-se que quando o organismo é submetido a altas pressões, a taxa de oxigênio no sangue aumenta bastante.

O resultado disso é o aumento da oxigenação de células e tecidos, e vários efeitos benéficos ao organismo. Partindo desse conceito, na terapia hiperbárica o paciente é submetido a uma pressão muito superior à pressão atmosférica, dentro de um compartimento fechado e selado. Esse compartimento é pressurizado com oxigênio puro. O paciente respira oxigênio à 100%, saturando o sangue desse gás.


Modelo de câmara hiperbárica do CVPA (MG)
em três tamanhos.

Os efeitos dessa terapia são vários:
ação antibacteriana
ação antitóxica
diminuição de edemas (inchaços)
melhora na ação de muitos medicamentos, como antibióticos, etc..
melhora na cicatrização
maior eficiência de mecanismos do sistema de defesa do organismo


Modelo de câmara hiperbárica do Pet Center Marginal (SP)

A terapia hiperbárica é indicada em muitos casos como auxiliar no tratamento de infecção, intoxicações, ferimentos e queimaduras extensas, complicações em pós-operatórios, enxertos ou transplantes de tecidos, anemias profundas, edema pulmonar e outros.

Durante as sessões, que duram cerca de uma hora e meia, os animais mais agitados recebem sedação leve. São feitas sessões diárias e o tratamento pode ser repetido semanalmente, se necessário, até a completa recuperação do paciente. O intuito do tratamento em câmaras hiperbáricas é auxiliar e acelerar o processo de cura, no entanto, cada organismo responde de maneira diferente e a velocidade de recuperação pode variar muito de um indivíduo para outro.

Efeitos adversos são bastante difíceis de ocorrer nesse tipo de terapia, e estão diretamente ligados ao tempo de exposição e a pressão utilizadas. Assim, é preciso ter um profissional habilitado para avaliar o caso e administrar o tratamento.

 

Livro recomendado:

Como cuidar melhor do seu cachorro!


silvia
Silvia Parisi
médica veterinária (CRMV SP 5532)

Webanimal
www.webanimal.com.br




Livro sobre cães
lado1
pixel

Livro Crônicas para ler com seu cachorro

pixel
lado2
vazio

Guia de Primeiros Socorros

Diário do Dudu
A volta ao mundo




quem somos | fale com a gente
Webanimal é marca registrada da Realty Informática Ltda.
Proibida a reprodução de artigos sem prévia autorização ©Copyright 1998 - 2016