Cadastre seu e-mail e receba informativos
Menu de Artigos

 Guia para iniciantes
 Guia para o dono
 Adestramento
 Castração
 Cães de trabalho
 Cães famosos
 Cães pelo mundo
 Campanha anti-caca
 Cinofilia/criação
 Comportamento
 Cuidados gerais
 Dermatologia
 Diagnósticos
 Doenças
 Dogcast (podcast)
 Dúvidas frequentes
 Entidades protetoras
 Fotografia animal
 Gente que faz
 Geriatria
 Legislação
 Medicina Veterinária
 Nutrição
 Odontologia
 Oncologia
 Operação anti caca
 Parasitas
 Primeiros socorros
 Posse responsável
 Proteção animal
 Raças populares
 Raças interessantes
 Reprodução
 Teste seu Cão
 Tratamentos
 Zoonoses


Menu de Serviços

 Achados e perdidos 
 Adoção
 Álbum de Fotos
 Amizades
 Cadastro de Pet Shop
 Cãorreio sentimental
 Doação
 Dogcast
 Histórias
 Página Animal
 Pesquisar estudantes
 Pesquisar veterinários
 TV Webanimal videos



Noções sobre adestramento

Noções sobre adestramento

O adestramento dos cães deve ser iniciado no momento em que o filhote chega em casa. O cãozinho precisa aprender o significado de comandos como "Não", "Muito Bem", "Aqui", etc. Isso evitará que ele tenha problemas comportamentais na fase adulta, como a agressividade. Com o adestramento, o cão vai entender que 'manda' e isso é importante para se estabelecer uma hierarquia.

Você pode optar pela ajuda de um adestrador para orientá-lo. Procure ter referências sobre o profissional que irá contratar. Há pessoas não qualificadas que ensinam os animais com métodos violentos, o que será desastroso para o caráter do cão. O adestrador deve ter noções básicas sobre o estudo do comportamento dos cães. É importante que depois de algumas aulas, você comece a acompanhar o adestramento, ou seu cão apenas obedecerá o adestrador. Existem bons livros que ensinam você a educar o filhote, compreender a sua linguagem e até adestrá-lo. Indicamos alguns no final deste artigo.

O adestramento do animal, seja feito por você ou um profissional, NÃO INCLUI:
Bater no cão;
Prendê-lo a maior parte do tempo, seja na corrente ou canil, a fim de que ele se torne um animal bravo ou um bom cão de guarda;
Deixá-lo sozinho o dia todo e longe do contato com pessoas da casa;
Provocar o animal.

Jamais use esses métodos, isso só fará com que seu animal desenvolva agressividade desnecessária e se torne um cão incontrolável, trazendo perigo para os próprios donos.

URINA E FEZES no lugar certo:

Para ensinar o cão a fazer o xixi e cocô no lugar certo, temos que usar uma linguagem que ele entenda. De nada adiantará broncas longas, 'sermões' e muito menos violência, porque o cão não entenderá nada e ficará mais confuso. Esqueça aquela história de esfregar o focinho do cachorro no tapete em que ele fez xixi ou bater nele com jornal. Isso não funciona, só deixa o cachorro assustado, mas ele não entende o que fez de errado.

No começo, deixe o filhote numa área restrita (uma lavanderia, por exemplo) toda forrada com jornal. O espaço não precisa ser muito grande e vai variar com o tamanho do filhote. Deixe o cãozinho a maior parte do tempo nessa área e tire-o somente para brincar. Obrigatoriamente, ele fará suas necessidades sobre o jornal e ficará condicionado. Vá aumentando aos poucos o acesso do cão às outras partes da casa, a medida em que você percebe que ele já procura o jornal e consegue encontrá-lo quando está "apertado".

Depois dessa etapa, tanto para filhotes como cães adultos, proceda assim: quando ele fizer as necessidades fora do jornal, diga "não" com voz mais séria, leve-o até o jornal e diga "aqui". Mas é importante que o "aqui" seja dito com voz amiga e você o acaricie. Ele deve associar: xixi fora do jornal = bronca, voz séria; xixi no jornal = carinho, voz amiga. Sempre que ele acertar, faça festa. Mas lembre-se que os machos urinam em vários pontos da casa para marcar território. Nesse caso, apenas a castração resolverá.

Assim que o filhote começar a frequentar as ruas, em pouco tempo se acostumará a fazer as necessidades fisiológicas fora de casa. E você, como um cidadão consciente, levará um jornal ou saquinho para recolher das ruas as fezes de seu cão, não é mesmo? Leia Campanha anti caca

OBEDIÊNCIA:

Não permita que o cão rosne ou avance nas pessoas. Repreenda-o usando a palavra "NÃO" e segurando-o firmemente pela pele da parte de atrás do pescoço. Jamais demonstre medo ao animal. O cão deve compreender bem a hierarquia da casa, saber quem é que manda, e ser submisso aos donos, respeitando-os.

Existem veterinários e serviços especializados em comportamento animal. Caso seu cão não esteja correspondendo às suas expectativas quanto a obediência e comportamento, procure auxílio desses profissionais. Para saber sobre esse assunto, clique aqui

Se está com dúvidas sobre o comportamento de seu cão, leia mais na seção comportamento.

Livros recomendados:
"Adestramento Inteligente - com amor, humor e bom senso" - Alexandre Rossi (ed. CMS)
"Manual do Cachorro" - Claudia Pizzolato (www.bitcao.com.br)
"Apostila de Treinamento de Comandos Básicos" - Claudia Pizzolato (www.bitcao.com.br)
"Entenda o seu Cão" - Bruce Fogle - (ed. Globo)
"Cães são de Marte, donos são de Vênus - Como entender o seu cão e fazê-lo feliz " - Patricia Mcconnell - (ed. Record)


Silvia C. Parisi
médica veterinária - (CRMV SP 5532)

Webanimal
www.webanimal.com.br





lado1
pixel

livro

pixel
lado2
vazio

Guia de Primeiros Socorros

Diário do Dudu
A volta ao mundo



quem somos | fale com a gente
Webanimal é marca registrada da Realty Informática Ltda.
Proibida a reprodução de artigos sem prévia autorização ©Copyright 1998 - 2014