Anemia

Anemia é a diminuição do volume de sangue do organismo. Ela também pode ocorrer em animais e não é propriamente uma doença, mas a consequência de alguma enfermidade ou condição que cause diminuição na produção, destruição ou perda sanguínea.

O sangue é formado no interior dos ossos (medula) e para isso, além de necessitar de uma fonte de ferro na alimentação e algumas vitaminas, a medula precisa de um estímulo para produzir sangue.

Esse estímulo é dado por uma substância produzida pelos rins (eritropoetina).

Por esse motivo, uma alimentação deficiente, estados de desnutrição, assim como o mal funcionamento dos rins (insuficiência renal), podem levar o cão ou gato ao estado de anemia. Certos medicamentos, como aqueles utilizados na quimioterapia (tratamento de câncer), deprimem a medula, que passa a desacelerar a produção de sangue.

Outro motivo bastante comum para o animal apresentar anemia são as perdas de sangue. Isso pode ocorrer em acidentes graves, quando há hemorragia externa ou interna. Porém, a perda sanguínea em pequenas quantidades, mas por tempo prolongado (crônica), pode levar o organismo ao quadro anêmico. É o caso dos parasitas internos (vermes sugadores) ou externos (pulgas, carrapatos e piolhos). Nesses casos, o animal precisa apresentar uma grande infestação, por tempo prolongado. Os mais afetados são os filhotes e os mais idosos. Por isso, é importante controlar vermes, pulgas e carrapatos nos animais.

Perdas sanguíneas causadas por tumores, principalmente aqueles localizados no intestino, também podem levar o animal à anemia.

Existem algumas doenças que causam a destruição das células do sangue, como a babesiose, no cão e a hemobartonelose, no gato. Há venenos que podem ter esse efeito efeito sobre o organismo ou causar hemorragia, essa última quase sempre fatal (veneno para ratos - "chumbinho").

A destruição de células sanguíneas em grande quantidade causa pigmentação amarelada às mucosas do animal. Isso é consequência da decomposição em larga escala da hemoglobina, o "pigmento" das células sanguíneas, que passar a "tingir" pele e mucosas.

Além dessas causas bastante comuns, existem doenças que podem ter como um dos sinais clínicos, a diminuição do volume de sangue no organismo.

O animal anêmico apresenta falta de apetite, mucosas pálidas ('bochecha" e interior das pálpebras), indisposição e cansaço excessivo ao se exercitar. A confirmação da anemia é feita através do exame de sangue (hemograma) que irá, inclusive, dar condições de diagnosticar a causa da anemia, isto é, se ela está acontecendo por perda sanguínea, falta de produção ou destruição do sangue.

A anemia pode ser tratada com medicamentos que estimulam a produção de sangue pela medula, alimentação adequada ou, em casos muito graves, transfusão sanguínea.


Silvia C. Parisi
médica veterinária - (CRMV SP 5532)

Webanimal
www.webanimal.com.br
versão para imprimir